Archive for the ‘Sem categoria’ Category

O CARPINTEIRO GALILEU

De Huberto Rohden – do livro “De alma para alma”.

Jesus, o carpinteiro Galileu

Não foi médico – e curou todas as enfermidades…

Não foi advogado – e explica os princípios básicos de toda lei…

Não foi escritor – e inspira as maiores obras da literatura mundial…

Não foi poeta nem músico – e é a alma de todos os poemas e de toda a música da vida…

Não foi orador – e é o interprete de todos os corações…

Não foi literato – e escreveu no livro dos séculos a mais bela pagina…

Não foi artista – e enche de luz os gênios de todos os tempos…

Não foi estadista – e fundou as mais sólidas instituições da sociedade…

Não foi general – e conquistou milhões de almas e países inteiros…

Não foi inventor – e inventou o elixir de perene felicidade…

Não foi descobridor – e descortinou aos mortais mundos encantados de imortalidade…

Jesus, o carpinteiro Galileu…

Diáfano como um cristal – e misterioso como a noite…

Simples como uma criança – e profundo como um filósofo.

Sublime como as excelsitudes de Deus – e amigo das misérias humanas…

Severo como um juiz – e carinhoso como uma mãe.

Terrível como a tempestade – e meigo como a luz solar…

Amigo de Madalenas contritas – e inimigo de fariseus impenitentes…

Humilde entre vivas e hosanas – sereno entre morras e crucifiges…

Cristo, o carpinteiro Galileu –

Nós, os mortais, te amamos – porque nos amaste.

Cremos em ti – porque es o caminho, a verdade e a vida…

Em ti esperamos – porque o teu reino não é deste mundo…

Não podemos viver sem ti – porque és a alma da nossa vida e a vida da nossa alma.

Não podemos lutar sem ti – porque és o sustentáculo em nossa fraqueza e a vitória em nossas derrotas…

Não podemos sofrer sem ti – porque és o bálsamo das nossas chagas e a aurora das nossas noites…

Nada sabemos sem ti – porque és a sede de toda a ciência e sabedoria…

Nada valemos sem ti – porque és o único fator positivo no meio dos nossos zeros…

Intolerável nos é o mundo sem ti – porque intolerável nos é o próprio ego…

Contigo nos é fácil todo o difícil – porque suave é o teu jugo e leve o teu peso…

Somos infelizes sem ti – porque inquieto está nosso coração até que ache quietação em ti…

Por ti vivemos e por ti queremos morrer – porque és a ressurreição e a vida eterna…

Jesus carpinteiro Galileu…

Porque em Ti se revelou o Cristo divino…

 

EDUCANDO

(texto do livro “Educação do Homem integral” de Huberto Rohden)

 DEVE O EDUCADOR FALAR EM DEUS?

         Há quem negue categoricamente que a ideia de Deus deva fazer parte da educação.

         E eles têm razão, quando pela palavra “Deus” se entende o que quase todos os teólogos ocidentais entendem.

         Mas quando por “Deus” se entende o que os grandes iniciados de todos os povos entendem – então essa ideia é o próprio alicerce da verdadeira educação.

         No século 17, o filósofo Spinosa disse que Deus é a alma do Universo, e no século 20, Einstein, o pai da Era Atômica, encampou essa ideia de Spinosa.

         Aliás, já no primeiro século, disse Paulo de Tarso aos filósofos atenienses que Deus é aquele “no qual vivemos, nos movemos e temos a nossa existência”.

         Nenhum homem de experiência profunda entende por Deus uma pessoa ou individualidade, mesmo que eleve esse conceito à milionésima potência. Pessoa significa invariavelmente uma limitação – e um Deus limitado não é Deus, mas apenas um ídolo sublimado.

         Deus é A REALIDADE UNIVERSAL, O SER, A INTELIGÊNCIA CREADORA, A CONSCIÊNCIA CÓSMICA, A ALMA E O UNO DO UNIVERSO, cujo Verso é o corpo visível do cosmos.

* * *

Nota: O educador precisa se autoeducar para conduzir o educando numa constante autoeducação.

DEZEMBRO

O LEÃO E O CORDEIRO

(texto de Joel Goldsmith)

          Quando há plena convicção do princípio de unidade no nosso interior, o leão e o cordeiro podem deitar juntos.

          Assim que captamos verdadeiramente que o Eu em mim é o Eu em você nossos interesses se tornam os mesmos, não haveria guerras nem conflitos de qualquer tipo.

          Se ficasse claro que o Ser real de todos no universo é o único Deus, o único Cristo, a única alma e o único espírito e, em virtude dessa unidade o que beneficia um, beneficia a todos.

GRATIDÃO

Obrigada por ter cruzado meu caminho pessoas maravilhosas como Huberto Rohden e outros seres iluminados!

PRECONCEITO

          O homem tem natureza divina, mas quando não tem experiência desta natureza se torna egoísta, intolerante, preconceituoso.

        Nossa finalidade aqui na terra é evoluir, auto- aperfeiçoar, autorrealizar.

        Buscamos ajuda de grandes mestres para nosso crescimento interior.

        Eles nos ensinam:

        – Somos filhos de Deus, portanto irmãos de todos os homens.

         – É hipocrisia falar de Deus e nosso amor por Ele e depreciar o próximo por sua raça, credo, nacionalidade, gênero, filiação política ou posição econômica.

        -Nenhum complexo de superioridade ou inferioridade deve imperar na zona da espiritualidade.

        – Ao conectar o nosso Eu divino, saímos da consciência negra, rumo à consciência pura e cósmica.

Para alguém que se encontra vítima de preconceito o Professor Huberto Rohden diria para AFIRMAR A SOBERANIA DA SUA SUBSTÂNCIA DIVINA SOBRE TODAS AS TIRANIAS DAS CIRCUNSTÂNCIAS HUMANAS.

BEM-AVENTURANÇAS

Comentário de Huberto Rohden, do livro “O Sermão da Montanha”:

          Quem lê ou ouve estas exclamações de entusiasmo místico num estado de profanidade, ou mesmo de mera intelectualidade, nada sentirá da sua sacralidade; possivelmente as achará absurdas e revoltantes. Imagine-se: chamar felizes os pobres, os sofredores, os injustiçados, os famintos e sedentos, os que sofrem perseguição e difamação! Onde se ouviu maior paradoxo, mais revoltante sadismo, mais acerba ironia! Realmente, do plano horizontal do homem-ego, ninguém pode nem deve ler estas palavras, que brotaram das luminosas profundezas do homem-Eu, do homem-crístico, e só podem ser compreendidas e saboreadas da perspectiva de experiência mística da qual brotaram.

          É necessário que o leitor, antes de ler as Beatitudes, ponha-se no mesmo ambiente interior em que elas foram vividas. Enquanto o homem não estiver devidamente sintonizado com a alma divina do Universo, não estará em condições de assimilar as Bem-aventuranças do Cristo, carta magna do Evangelho.

A PRÁTICA DA MEDITAÇÃO POSSIBILITA A DEVIDA SINTONIZAÇÃO CÓSMICA.