O AMOR CONJUGAL

De Paramahansa Yogananda, no livro: “O Romance com Deus”

               Em sua forma ideal, o amor conjugal pode ser uma das maiores expressões do sentimento humano. Foi o que Jesus indicou quando disse: “Portanto deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher”. Quando homem e mulher se amam de modo verdadeiro e puro estão em total harmonia de corpo, mente e alma. Quando expressam seu amor da forma mais elevada, o resultado é uma união perfeita. Mas este amor também tem uma imperfeição: pode ser manchado pelo abuso do sexo, que eclipsa o amor divino. A natureza fez o impulso sexual muito forte para que a criação pudesse continuar. Assim, o sexo tem seu lugar no relacionamento conjugal; mas, se for o fator predominante no relacionamento, o amor voará porta afora, sumindo completamente. Em seu lugar entrarão o sentimento de posse, a familiaridade excessiva, o abuso e a perda da amizade e da compreensão. Embora a atração sexual seja uma das condições que fazem o amor nascer, o sexo em si não é amor. Sexo e amor estão tão distantes um do outro quanto a lua e o sol. Só quando a qualidade transmutadora do verdadeiro amor predomina no relacionamento é que o sexo se torna uma expressão de amor. Os que vivem muito no plano sexual perdem o caminho e não conseguem encontrar um relacionamento conjugal satisfatório. Só com autodomínio, quando o sexo não é a emoção dominante, mas sim incidental ao amor, é que o marido e mulher podem conhecer o amor genuíno. No mundo moderno, infelizmente, o amor é geralmente destruído pelo excesso de ênfase no aspecto sexual.

OBRIGADA A TODOS QUE VISITAM, LEEM E COMENTAM ESTE BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: