VIDA APÓS A MORTE

Sem título

O homem que se preocupa com a vida após a morte é tido, geralmente, como um homem religioso. “Salva a tua Alma”, é a legenda escrita em muitos crucifixos encontrados nas igrejas cristãs e que sintetizam o interesse máximo que, segundo essas igrejas, o homem deve ter na vida presente. Salvar a sua alma é para a teologia corrente o alfa e o ômega da vida de todo homem espiritual.

É inútil especular sobre a imortalidade e seus atributos, porque nenhum homem pode, no presente estágio de evolução, ter clareza sobre isto, infinitamente maior do que ele, no grau atual; a imortalidade consiste essencialmente na voluntária integração da parte no Todo, no Amor Universal. 

O homem espiritual, i.e., o verdadeiro filósofo, não perde tempo em especular sobre a sorte feliz ou infeliz de sua alma depois da morte e nem mesmo discute a existência ou não existência dessa vida futura, pois graças à sua profunda sabedoria, ele tem inteira confiança na sabedoria, justiça e bondade das leis eternas do Cosmos, ou seja, da Providência Divina; sabe que a Consciência Cósmica, a Alma do Universo, o Creador, não comete injustiças, crueldades, desatinos incongruências, contra nenhum dos membros da creação. A única preocupação do homem sensato e santo deve consistir em sintonizar o seu querer individual com o querer universal e viver em permanente e jubilosa harmonia com o Infinito.

Basta que o homem tenha certeza de duas coisas, uma objetiva, outra subjetiva, a saber:

1) O mundo de Deus é um Cosmos e não um caos, e, como um Cosmos, o Universo age com absoluta retidão e imparcialidade;

2) Que o homem procure invariavelmente estar em perfeita harmonia com essa eterna e infalível ordem cósmica do Universo, ou seja, com a vontade do Creador.

Sobre a base dessas duas certezas ao seu alcance o homem pode viver tranquilo e feliz, sem ansiedades nem dúvidas internas

Mas como realizar essa sintonização entre o Eu humano e o Tu divino? Simplesmente pelo amor, em seu aspecto vertical (o Creador) e horizontal (a creatura).

O amor é a lei básica do Cosmos. No Universo tudo é cooperação, que supõe diversidade. Não haveria possibilidade de integração se não houvessem diversidades individualmente diferenciadas. Para que essa integração seja harmonia, e não monotonia, requer-se a existência da diversidade dos indivíduos.

Unidade sem diversidade seria monotonia.

Diversidade sem unidade seria caos.

Unidade na diversidade é harmonia.

Negar que o homem, pela separação do corpo material, perca a consciência da sua identidade, equivale a negar a sua imortalidade. Todas as coisas são eternas em seus elementos que os formam; mas a eternidade desses elementos não quer dizer imortalidade. A imortalidade é mais que uma eternidade essencial, é uma eternidade consciente, isto é, a conservação da identidade do ego.

A imortalidade, em sua forma potencial, é um atributo da natureza humana, uma dádiva de berço; mas a imortalidade atual, dinâmica, é uma conquista do homem, a mais alta das suas conquistas. Em todo homem existe o “Reino de Deus”, em estado potencial, embrionário, oculto; mas, para entrar nesse Reino, o homem deve descobrir, ver e viver essa imortalidade dinâmica. Deve “renascer pelo espírito”.

Texto extraído do livro Filosofia Contemporânea, volume II

Postado por Flavio Mello –  na Austrália 

http://3rd-heaven.blogspot.com.au/2015/07/vida-apos-morte.html

6 responses to this post.

  1. Texto belíssimo e profundo!!!!!Obrigada pela oportunidade!!!

    Responder

  2. Posted by Flavi0o de Mello on 31/07/2015 at 1:05

    Qual e o seu novo E-mail, pois te escrevi e sem resposta. Abracos, Flavio

    Responder

  3. Posted by Sérgio Cavalini on 31/07/2015 at 14:42

    A verdadeira meditação nos dá a certeza intuitiva de que somos imortais, ou melhor, imortalizáveis, na linguagem univérsica de Huberto Rohden.
    Podemos e devemos atingir nossa imortalidade pela faculdade da auto-determinação humana, onde somos causa própria e definimos o nosso destino individual.

    Responder

  4. Posted by JORGE MENDES FERREIRA on 02/08/2015 at 15:07

    GRANDE E IMORTAL ENSINO SOBRE NOSSO CRISTO INTERNO E A VIDA ETERNA……NAMASTÊ GERAL….

    Responder

OBRIGADA A TODOS QUE VISITAM, LEEM E COMENTAM ESTE BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: