A ARTE DE JOHANN SEBASTIAN BACH

concerto 09.03. Bach

               Para Johann Sebastian Bach a música não era apenas um ofício, mas uma necessidade interior, surgida em sua juventude e à qual ele se entregou durante toda a sua vida. Luterano por formação, impregnou sua música com a religiosidade singela e profunda que lhe era própria. Amando a ordem, o equilíbrio e a perfeição, criou uma arte ordenada, equilibrada e perfeita. Como músico, da mesma forma que como homem, Johann Sebastian Bach foi sempre fiel às suas origens, à sua natureza e às suas convicções.

Primitivamente a cantata era peça composta para cantor solista e acompanhamento instrumental, depois do século XVII foram-lhe acrescentados um coral e orquestra, tendo sido nesta forma que chegou ao tempo de J. S. Bach, autor de 295 peças deste gênero.

Herr Gott, dich loben alle wir, BWV 130

 (Senhor Deus, nós te louvamos)

                  Johann Sebastian Bach compôs esta cantata para a festa de são Miguel e todos os anjos.

         As leituras previstas para este dia festivo eram de Apocalipse 12.7-12 (Miguel lutando contra o dragão) e do Evangelho de Mateus 18.1-11 (O céu pertence aos pequeninos, os anjos veem a face de Deus), mas não estão necessariamente explícitos no texto da cantata.

A cantata louva e agradece a Deus pela criação dos anjos. O movimento 3 faz menção de Satanás como o “alter Drachen” (velho dragão) e a luta de Miguel. O movimento 4 mostra exemplos de proteção dos anjos na Bíblia, como no caso de Daniel (Dn 6.23) e dos três jovens na fornalha ardente (Dn 3). O texto continua com a oração pela proteção dos anjos, bem como a menção de Elias sendo levado ao céu (2 Rs 2.11 ) e concluiu com louvor, ação de graças e pedido de proteção.

         RECOMENDO AOS PAULISTANOS: ASSISTAM A APRESENTAÇÃO PELO CORAL LUTHER KING – NO PRÓXIMO DOMINGO.

         Haverá folheto com tradução do texto para acompanhar.

2 responses to this post.

  1. Posted by Sérgio Cavalini on 07/03/2014 at 20:49

    o genial músico de Leipzig interpretou o Cristianismo através da música. Nosso Maestro e pianista João Carlos Martins é um dos mais profundos conhecedores e intérprete fiel das obras completas de Bach.
    isso deveria ser motivo de orgulho para toda a nação brasileira.

    Responder

    • Verdade Sérgio! Além deste do Maestro João Carlos Martins como pianista, temos no Brasil o coral Luther King que pretende apresentar todas as cantatas de Bach.

      Responder

OBRIGADA A TODOS QUE VISITAM, LEEM E COMENTAM ESTE BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: