CREAÇÃO

infinito

Da aula “Matemática da evolução” dada em 27/06/98 por Huberto Rohden

Transcrição de Mário Seidl

Isto é o sinal da essência, do infinito, do absoluto, do eterno… O que Moisés chama de “Os Elohim”. Começa assim o Gênesis: “No princípio, os Elohim crearam o céu e a terra, mas a terra era invisível”. As traduções não dão, eles traduziram mal: “a Terra era um caos”, está lá nas traduções. No hebraico e no grego está: “mas a Terra era invisível”. A terra, no princípio não era visível, a Terra não era material ainda, era simplesmente astral. Invisível é a energia, visível é a matéria. O Gênesis diz que a Terra estava em estado energético, em estado astral ou “bioplásmico”, como dizem hoje e depois ele se congelou em matéria. Einstein diz que quando a energia se congela, então dá matéria, mas quando a matéria se descongela sai energia. E quando a luz se condensa dá energia, quando a energia se descondensa dá luz.

Então eu fiz um desenho aqui:

evolução

4 responses to this post.

  1. Posted by Renato Ferreira on 23/07/2013 at 16:21

    São momentos sempre muito aguardados cada post vindo de vocês, vindos do Prof. Huberto, vindos do cosmo.
    Obrigado,obrigado,obrigado

    Responder

  2. Muito bom. Crear e nao criar!

    Responder

  3. Renato, sinto-me feliz em poder passar algo do que aprendi de Rohden… e também saber que meu trabalho agrada aos leitores. O gráfico aqui foi visualizado por Mário Seidl que é um internauta de São José dos Campos. É muito interessante porque resume toda aula de Rohden.

    Responder

OBRIGADA A TODOS QUE VISITAM, LEEM E COMENTAM ESTE BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: