MISTERIOSO SOBREVIVENTE

bombardeio

Por Huberto Rohden

              Depois da última guerra um oficial da Europa escreveu as suas memórias. Ele voltou da guerra, o que não aconteceu a muitos outros. Então ele conta entre as memórias o seguinte:

– Que coisa estranha! Eu estava numa baixa planície com o meu regimento, quando ouvimos um ruído estranho, uma esquadra aérea de bombardeio… Então, sem uma possibilidade de esconderijo, não tinha tempo de construir trincheira, mesmo porque elas não funcionam de cima para baixo. As trincheiras são para metralhadoras, mas não servem para bombardeios. Então o oficial deu ordem aos soldados deitarem todos no chão de barriga para baixo. Vão morrer deitados, nada mais. Mas, é ordem dos superiores que num caso deste se joguem todos no chão.

Todos os soldados se jogaram no chão esperando a morte, e a esquadra aérea avançando, avançando… Só o oficial ficou de pé. Ele disse: eu não vou morrer deitado, eu vou morrer de pé. Ficou em pé – ele conta isto. Fechou os olhos esperando a morte. Era certo que ia morrer. Ficou em pé de olhos fechados, certo que dentro de poucos momentos ia ser estraçalhado pelas bombas. Ficou em pé. Depois abriu os olhos, viu todos os soldados mortos, uns poucos moribundos, vivos ainda…

Ele olhou para cima e disse: será que meu corpo ainda está aqui? Não é possível! Sem ferimento nenhum!

Então ele diz: neste momento que o bombardeio passou por cima da minha cabeça roncando, eu tive o momento mais feliz da minha vida. Por quê? Porque de dentro de mim surgiu uma voz misteriosa que dizia: tu és absolutamente indestrutível.  Eu gozei a minha indestrutibilidade como nunca na minha vida.  Pela primeira vez eu tive ideia da imortalidade do meu Eu. Li muitos livros sobre isto, mas não me davam certeza nenhuma. Eu tive a certeza quando estive no campo de batalha, sem pensar nada e alguém me disse: tu és indestrutível, ninguém lhe pode destruir.

Isto ele sentiu, isto ele saboreou, ele diz. Isto ele não pensou. Então ele saiu ileso. Depois ele pergunta a si: Sim, eu sou indestrutível na minha alma, mas o meu corpo não é indestrutível. O que eu não compreendo é porque o meu corpo não foi destruído. Podia ter atingido pelas bombas, ele devia ter atingido. Então ele diz, que coisa estranha! Parece que a indestrutibilidade do espírito até que pode comunicar ao corpo. Que o espírito é indestrutível ainda é aceitável, mas que ele comunica a sua indestrutibilidade ao corpo que não é indestrutível, isto é uma coisa muito misteriosa. Até isto me aconteceu, ele diz. Eu era indestrutível no espírito e a minha indestrutibilidade espiritual se transfundiu até ao meu corpo. Saí de lá sem ferimentos.

Esta é a única coisa que nos dá certeza do nosso espírito. Uma experiência pessoal inesperada, não preparada. Isto pode dar esta certeza. E nunca mais é possível duvidar disto quando teve experiência.

Extraído da palestra 23 de 1979: O problema a fé.

3 responses to this post.

  1. Posted by Sérgio Cavalini on 16/07/2013 at 22:27

    O texto nos leva às paginas perfumadas da Bhagavad Gita, quando Krishna fala da imortalidade e indestrutibilidade do Eu divino.
    .
    Uma experiência como essa pode ser um marco para uma nova cosmovisão, para uma verdadeira conversão, sempre com a certeza de que somos eternos, a despeito do que possa acontecer com nosso invólucro material.

    Uma das mais belas sentenças da Sabedoria dos Séculos do Professor Rohden é esta: ” Eu afirmo a sabedoria da minha substância divina sobre todas as tiranias das circunstâncias humanas.”

    O soldado do texto, consciente ou não, vivenciou em espírito essa misteriosa experiência, de ser senhor do seu destino, pela auto-determinação do espírito, pelo livre-arbítrio do seu Eu divino.

    Responder

  2. Sérgio, parece que você teve uma experiência parecida há poucos dias. Não com guerra, mas sob a mira de uma arma. Todos nós estamos sujeitos.

    Responder

  3. Posted by Sergio Cavalini on 18/07/2013 at 17:37

    Serenidade do espírito…é o que precisamos nesses momentos nos quais independem da nossa vontade.

    Responder

OBRIGADA A TODOS QUE VISITAM, LEEM E COMENTAM ESTE BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: