UMA VOZ NO DESERTO

voz no deserto

UMA VOZ NO DESERTO

“Uma voz ecoa no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai as suas veredas; encher-se-á todo o vale e abater-se-ão todos os montes e outeiros; tornar-se-á reto o que é tortuoso, e o que é escabroso se fará caminho plano; e todo homem verá a salvação de Deus”.

(Lc 3,5 ss)

*    *    *

É difícil ao homem profano limitar-se a ser uma voz.

E ainda uma voz a clamar no deserto — sem eco.

O homem profano quer ser mais, quer logo ver frutos palpáveis do seu trabalho, quer ser aplaudido, admirado, glorificado.

Uma voz anônima, a clamar na solidão do ermo, sem fazer propaganda do seu dono — ah! Isto não agrada ao mundo…

O homem egoísta é interesseiro, serve-se da sua voz, da sua missão, como de fogo de artifício para iluminar o próprio ego.

Toda a pirotecnia das vaidades e vanglórias bruxuleia em torno do analfabeto da espiritualidade.

O homem desinteressado e espiritual desaparece por detrás da sua obra — como um eco no espaço que não revela os lábios que o produziram.

João, esse segundo Moisés, esse grande arauto do Messias, aparece como engenheiro de Deus: para encher os vales do desânimo, para abater as montanhas do orgulho, para endireitar os caminhos tortos da hipocrisia, para aplainar as veredas ásperas do materialismo profano.

Cumprida sua missão, em vésperas da vitória do reino messiânico, desaparece o abnegado herói, extingue-se essa voz sob o gládio homicida de Herodes, nas tenebrosas profundezas do cárcere de Maqueronte.

Assim vivem, assim morrem os heróis…

Vivem para Deus e para o próximo — e por isso não morrem para o céu e para a posteridade…

DO LIVRO: EM ESPÍRITO E VERDADE – HUBERTO ROHDEN.

2 responses to this post.

  1. Posted by Sergio Cavalini on 25/06/2013 at 15:54

    Harpas Eternas é um belo livro que trata da vida dos Essenios e de dois grandes mestres , Yeshua e Yokanan( Jesus e Jõao Batista). Resguardando algumas passagens que atingem a fantasia, trata-se de um belo romance espiritual, inspirado por Hillarion de Monte Nebo.
    Há alguns erros históricos grosseiros, mas a filosofia das personagens são de grande profundidade.

    Responder

  2. Os documentos do Mar Morto encontrados por um pastor numa região chamada Qumram, ao noroeste do deserto revelam a vida e mensagem dos Essênios, que habitaram a região. Como se explica essa surpreendente semelhança entre certos textos evangélicos e os documentos do Mar Morto? Certamente João Batista conviveu com esta comunidade. E Jesus também teve contato com ela. Além do livro citado por Sérgio recomendo o livro publicado pela Martin Claret com textos de Rohden sobre o assunto: “O Cristo Cósmico e o Essênios”.

    Responder

OBRIGADA A TODOS QUE VISITAM, LEEM E COMENTAM ESTE BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: