A PÁSCOA DAS ALMAS

 

(Do livro: “Em Espírito e Verdade” de Huberto Rohden)

                Pela tarde daquele dia, que era o primeiro da semana, estavam os discípulos reunidos, com as portas fechadas, com medo dos judeus. Apareceu Jesus no meio deles e disse-lhes: “A paz seja convosco”. Dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Alegraram-se os discípulos de verem o Senhor. Disse-lhes Jesus pela segunda vez: “A paz seja convosco. Assim como meu Pai me enviou, também eu vos envio”. Depois destas palavras, soprou sobre eles, dizendo: “Recebei o espírito santo; a quem vós perdoardes os pecados, são-lhes perdoados; a quem vós os retiverdes, são-lhes retidos”.

(Jo 20, 19 ss)

                   “A paz seja convosco!”…

            A paz da alma, depois da horrível tempestade dos últimos dias…

            Tempestade de terror, de covardia, de confusão, de culpa, de remorsos, de ruína universal…

            A paz — oh! Lindo presente de Páscoa!

            Paz é perdão, é graça, é amor, é amizade, é reconciliação da alma com Deus.

            E fez-se grande bonança no agitado mar das almas dos discípulos.

            E esta paz da alma e bonança interior queria o divino Mestre comunicá-la a todos os seus discípulos, de todos os séculos da história, de todos os países do mundo.

            Por isso, enviou aos homens o espírito santo, a cujo sopro divino se dilui a culpa, assim como se dissipam as nuvens tangidas por impetuoso vendaval.

            Ressuscita a alma do sepulcro do pecado — e amanhece-lhe no interior a alvorada de uma jubilosa primavera espiritual!

            Aleluia! Aleluia! Aleluia!…

 

Cantemos com o Messias de Handel:

Hallelujah! –Aleluia! Pois reina o Senhor nosso Deus, Onipotente!

Coube a Nosso Senhor o reino do mundo. Reinará pelos séculos dos séculos! Rei dos Reis, Senhor dos Senhores! (Apocalipse XIX, 6 e XI,15)

2 responses to this post.

  1. Posted by Sérgio Cavalini on 11/04/2012 at 21:30

    Cristo ressuscitou…não somente na antiga Palestina, mas sobretudo na alvorada do espírito dos seus verdadeiros discípulos, através dos séculos e milênios.

    Hallelujah!

    Responder

    • Sérgio, e Cristo prometeu estar conosco até a consumação dos séculos. São palavras misteriosas no que se refere à consumação. Veremos… O certo é que buscamos cada vez mais viver esta certeza.

      Responder

OBRIGADA A TODOS QUE VISITAM, LEEM E COMENTAM ESTE BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: