A PRÁTICA DIÁRIA DA MEDITAÇÃO

             Como as mãozinhas das flores de ouro erguidas ao céu, numa silenciosa prece ao astro benéfico…

                            É necessário escolher para essa hora sagrada a melhor — e não a pior — hora do dia, quando o corpo esteja mais descansado e a alma mais tranquila e receptiva.

            A princípio, esse total egoesvaziamento será trabalho pesado e árduo, e muitas vezes o principiante se verá à beira do desânimo, principalmente quando não vê nenhum resultado suscetível de estatística. Se, todavia, prosseguir, imperturbável e com crescente intensidade, verá a sua vida paulatinamente transformada, sob a ação silenciosa do fermento divino sob o impacto sutilmente poderoso dessa diatermia mística. Verá que, aos poucos, essa hora de meditação matutina acabará por se lhe tornar querida e docemente necessária, e se, algum dia, por motivo imperioso, não a possa praticar, sentirá essa falta como quem ficou em jejum e anseia por tomar alimento.

            Nos primeiros tempos, essa maravilhosa luz divina será limitada à hora feliz da meditação, e o meditante, quando voltar aos trabalhos diários, sentirá dolorosamente a extinção dessa luz e o desaparecimento da força espiritual, na medida em que se vai distanciando da hora de meditação. Aos poucos, porém, com a progressiva intensificação da absorção em Deus, vai ele difundindo algo dessa luz sobre as restantes horas do dia, até permeá-lo todo dessa divina claridade. Verificará então que, sob o misterioso influxo do frequente colóquio com Deus, todos os trabalhos do dia, mesmo os mais prosaicos e enfadonhos, acabarão por se tornar agradáveis, aureolados de um como halo de luz sobrenatural, que lhes confere um quê de simpático e sorridente. Percebe, por fim, que tudo é belo neste mundo de Deus quando posto dentro da luz da experiência de Deus…

       (do livro “Metafísica do Cristianismo de Huberto Rohden)

One response to this post.

  1. Posted by JORGE MENDES FERREIRA on 22/08/2011 at 3:33

    AINDA BEM QUE ESSE NOSSO MESTRE, NÃO SE CANSA DE NOS LEMBRAR
    QUE A LUZ DO CRISTO INTERNO PRECISA SER FIDELIZADA,
    DIUTURNAMENTE,CONFORME PREDIZ O MAIOR DOS MANDAMENTOS

    NAMASTÊ
    GRATO

    Responder

OBRIGADA A TODOS QUE VISITAM, LEEM E COMENTAM ESTE BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: